sexta-feira, 16 de fevereiro de 2007

Consciência estranha

Alguém no espelho,
muito parecido comigo, observa espantado...

2 comentários:

Talita disse...

Alexander Lowen disse:
"Quando a insatisfação se transforma em desespero, e a insegurança dá lugar ao pânico, o indivíduo poderá vir a se perguntar: "Quem sou eu?". Esta pergunda indica que a fachada através da qual ela busca sua identidade está ruindo."
(...)
Jão, meu amigo...vc é um artista maravilhosos e eu o amo, mas...não escrava um blog, procure uma terapia...hehehehehe

Frau disse...

ESSE, MEU CARO, É O SEU eu, GRITANDO MAIS ALTO.