sexta-feira, 14 de abril de 2017

A poesia se aquieta
sob a lápide da razão.
Saudade desperta.

Nenhum comentário: